Ambientação de Pentos

Novo Tópico   Este Tópico está bloqueado. Você não pode editar as mensagens ou responder.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ambientação de Pentos

Mensagem por R'hllor em Sab 21 Out 2017 - 14:26


MAR ESTREITO E ALÉM

Ambientação de Pentos

Arredores de Pentos
São as áreas próximas fora dos muros da cidade de Pentos. É possível ver algumas casas, estábulos e até pequenas fazendas que pertencem a comerciantes e magísteres.

Porto de Pentos
O porto de Pentos é vasto e contorna boa parte do litoral da cidade oferecendo ancoradouro para diversos navios vindos de todos os cantos, desde navios westerosi, ibbeneses até mesmo navios bravosi e lysenos. Funcionários da cidade, trabalhadores portuários e todo o tipo de comerciantes e mercenários transitam e preenchem a paisagem portuária. Logo depois do porto encontram-se inúmeros edifícios de tijolo e pedra que abrigam tavernas, estalagens e outros tipos de comércio.

Distritos Comunais
É o local onde a grande massa se concentra e mora dentro das muralhas de Pentos, ou seja, todos os cidadãos pentoshi que não possuem riquezas como os mercadores das especiarias ou magísteres. É uma área vasta, a de maior tamanho talvez. A maioria das casas são feitas de tijolos precários, pedras lapidadas ou blocos untados com argamassa, possuindo telhados de cerâmica todavia as áreas mais pobres aparentam ser mais simples.

Praça do Magíster
O enorme espaço circular que abriga uma grande estátua de pedra que representa um antigo magíster pentoshi que morrera a séculos. É muito comum ter barracas comerciais montadas, comerciantes ambulantes e abrigar alguns edifícios pessoais e comerciais. É usada para diversos outros propósitos e encontra-se perto do Distrito das Especiarias e perto dos Distritos Comunais, todavia, não adentra no domínio de ambos. É bastante movimentada.

Distrito das Especiarias
O Distrito das Especiarias é uma parte no coração de Pentos onde abriga uma série de torres quadradas e octogonais de tijolos de diversos tamanhos e proporções que servem como base de negócios (e até morada, dependendo de seu tamanho) para os mercadores mais influentes da cidade livre. É aqui que os grandes negócios marítimos e terrestres são geridos e é uma parte vital para a geração de riqueza da cidade. É uma área muito bem cuidada, bem patrulhada e segura.

Mansão do Príncipe de Pentos
A mansão é na verdade uma fortaleza no interior da cidade de Pentos. Em tempos passados pertencera a Illyrio Mopatis, um notável e honrado Magíster de Pentos mas com sua morte a mesma foi rebatizada e passou a servir como a morada do Príncipe de Pentos. É comum o Príncipe e a alta sociedade pentoshi se reunirem para festejar ou discutir infinitos assuntos políticos, militares ou econômicos.
Ela possui paredes de tijolos com quase quatro metros de altura e pontas de ferro no topo. Nela, existem três portões; a entrada principal com sua guarita, um postigo nos canis e um portão no jardim, escondido atrás de um emaranhado de hera desbotada. Este último é acorrentado, e todos os três são protegidos por eunucos. Uma piscina de mármore com uma estátua de um rapaz nu fica em seu centro. A estátua é flexível e bonita, feita de mármore pintado, com cabelo loiro e liso que lhe cai sombre os ombros. Está em posição de duelo, com uma lâmina bravosi na mão. A piscina é cercada por seis cerejeiras. Os jardins atrás da mansão são agradáveis e extensos. A mansão é protegida por eunucos Imaculados.

Baía de Pentos
A cidade fica nas margens da baía. Sua entrada é estreita, por isso os navios tem de ter certo cuidado ao adentrar suas águas. Mas após entrar o lugar é um bom abrigo dos ventos e ondas vindas do Mar Estreito.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Novo Tópico   Este Tópico está bloqueado. Você não pode editar as mensagens ou responder.
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum