[RP Fechada/Flashback] Peace, plis!

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP Fechada/Flashback] Peace, plis!

Mensagem por Mina Tyrell em Sab Nov 18, 2017 9:14 am


Peace, plis!
A presente se passa no Jardim de Cima, mas especificamente no Pátio dos Pavões. Logo após o anuncio dos casamentos e alianças estabelecidas, Lady Mina Tyrell se encontra com Alerie Hightower para uma possível conversa, buscando amenizar os ânimos da jovem. Participaram da RP somente @Mina Tyrell e @Alerie Arryn .
Mayu

_________________

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP Fechada/Flashback] Peace, plis!

Mensagem por Mina Tyrell em Ter Nov 28, 2017 3:32 pm


Mina Tyrell
I want to be The Queen.

O fim da manhã estava fresco, mesmo com o astro rei dominante no firmamento celeste, poucas e espaças nuvens ousavam disputar um lugar naquela imensidão azul. Uma leve brisa balançava as flores que espalhavam seu perfume por todo Jardim de Cima. Não havia lugar mais belo que a Campina e suas paisagens, em especial no Jardim de Cima. Seus jardins intrinsicamente planejados eram um espetáculo à parte, com certeza causando inveja em seus visitantes. O clima bucólico tomava conta de todos, a manhã estava tranquila, mesmo com o desenrolar do Torneio em comemoração a Lady Desmera, pessoas de todos os cantos dos Sete Reinos vieram prestigia-la, incluindo a própria família real. Aquele era um evento que ficaria na história, por vários motivos, famílias inteiras decidiam seus destinos nos bastidores, talvez, até mesmo o destino de Westeros estivesse sendo decidido. A verdade era que, o Torneio era apenas uma forma de acobertar as importantes reuniões que aconteciam ali.  

Mina, porém, não compartilhava daquela paz de espírito, muito pelo contrário. Seu âmago estava inquieto e sua cabeça latejava de maneira insuportável. Até mesmo suas feições tornaram-se um tanto abatidas diante da situação constrangedora do dia anterior. Tinha em mente tentar esquecer tudo aquilo, mas algumas palavras insistiam e ecoar por seus pensamentos. Havia chegado bem a reunião com Lady Desmera, até mesmo feliz, não era algo comum depois da morte de seu pai sentir-se feliz. Tinha esperanças que aquele era um novo começo, uma nova página em sua história que começava a ser escrita. Sua inocência muitas vezes fazia com que ela se esquece que nem todas as pessoas tinham um coração como o seu. Acordou cedo e caminhou sozinha até o Pátio dos Pavões, lembrava-se que fora naquele mesmo lugar que Lady Desmera havia lhe contado sobre sua verdadeira origem, colocando-a naquela situação complicada e que estava apenas começando. Criados passavam de um lado para o outro, com bandejas e jarros, muitos visitantes haviam escolhido tomar seu desjejum contemplando a bela paisagem. Os olhos esmeralda da Tyrell percorreram rapidamente o lugar encontrando uma mesa vazia.  

Acomodou-se aproveitando do silêncio local, o perfume das flores tomava seus sentidos concedendo-lhe uma momentânea paz de espírito. Desejou que aquele momento não acabasse nunca. Mina notou que olhares masculinos a observavam a distância. Por mais que não achasse, Mina tinha uma beleza incomum para aquela região, com belos e lustrosos cabelos vermelhos e naquela manhã, ela estava formidável em seu vestido azul celeste de seda lyssena. O decote frontal não era ousado, mas valorizava seu colo branco, as fendas laterais mostravam timidamente a linha de sua cintura fina. Mina era mais alta que a maioria das mulheres da Campina, o que chamava ainda mais a atenção. Aquela sensação era perturbadora para ela, a presença masculina ainda a intimidava, mas precisava desvencilhar-se disso. Seus pensamentos foram interrompidos por uma doce e sutil voz: — Deseja seu desjejum aqui mesmo, milady? — Mina se virou a tempo de ver que se tratava de uma das servas do castelo dos Tyrell: — Por favor, querida. —  Respondeu com gentileza: — Pretendo aproveitar a brisa fresca da manhã. — Comentou com um sorriso singelo e simpático. A serva dobrou levemente os joelhos e logo se afastou, deixando-a novamente em seu silêncio.  

A ruiva então suspirou fundo, imaginando como seria sua vida dali em diante. Estava feliz por seu novo casamento. Avalon Hightower era um homem gentil e cavalheiro, honrado com toda certeza. Fez com que ela se sentisse uma jovem e sonhadora donzela, primeiro pela beleza que o homem possuía, seus olhos eram encantadores e o sorriso era capaz de derreter qualquer coração. O timbre de sua voz era forte, mas havia serenidade em suas palavras o que encantava a Tyrell completamente. Ele parecia ser sábio e justo, mesmo sendo um homem de grande poder, tratava a todos com respeito. No entanto, o que mais chamou-lhe a atenção, era a maneira como ele falava de seus filhos, sem sombra de dúvidas, era um pai amoroso e presente, o que fazia ela muito lembrar de seu amado e falecido pai. Não havia tido muito tempo para estar com ele, mas algo em seu espírito dizia que ele saberia cuidar de todos aqueles que ela tanto desejava proteger.  

Tudo seria alegria, se não fosse a fúria dos filhos de Avalon com aquela união, principalmente de sua filha Alerie. Mina nunca havia visto nada como ela. Era óbvio, que assim como toda a Campina, já havia escutado as canções e histórias sobre a Pérola de Torralta. A jovem de cabelos negros e olhos cianos tinha uma beleza impecável, até mesmo opressora. Haviam belas mulheres na Campina, mas nada se comparava a ela, fora coroada como rainha da beleza com toda razão. Maelle e Joanna eram belas também, mas ainda assim, a filha de Avalon conseguia ser o centro de todas as atenções. Não era somente sua beleza, a inteligência da jovem era uma qualidade peculiar, debateu e protestou contra o casamento do pai e o seu próprio de maneira eloquente, questionando até mesmo Lady Desmera. Ela já havia deixado bem claro que, Mina jamais ocuparia o lugar de sua mãe em Torralta. Ela era uma jovem bela, mas suas palavras sabiam como ser duras e ferir aqueles ao seu redor.  

Foi então, que a jovem Tyrell se deu conta de algo precisava ser feito, precisava achar uma maneira de cativar os filhos de seu noivo. Não desejava em momento algum tomar o lugar da mãe deles, conhecia muito bem como era a dor de se perder a mãe ainda muito jovem. Precisava fazê-los entender, que estava ali apenas para ajudar Avalon, não tinha pretensão alguma de usurpar o lugar da mãe deles em suas vidas. Tudo que desejava era viver bem com todos eles, sem conflitos, ela não tinha uma personalidade agressiva para viver em um lar sem harmonia. Alerie parecia irredutível e com certeza toda certeza, também colocaria os gêmeos contra ela. Era uma situação que jamais imaginava viver e por mais que tentasse achar uma saída, parecia em um beco sem saída. Estava tão entregue a seus pensamentos que não notou a sutil aproximação de uma jovem ao seu lado. Surpresa Mina levantou-se encarando os olhos ferinos da jovem:  — Lady Alerie! Que a ver. Sente-se, vamos aproveitar juntas, o desjejum.  — Recebeu calorosamente a futura enteada, mas ainda surpresa com aquela inusitada visita.  
 

notas; oi coloque a notinha aqui, anotado

_________________

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Novo Tópico   Responder ao tópico
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum