O Território do Norte.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O Território do Norte.

Mensagem por Deus de Muitas Faces em Qui Maio 11, 2017 1:01 am


O Norte é uma das regiões que constituem os Sete Reinos de Westeros, já tendo sido um Reino soberano de mesmo nome antes da Guerra da Conquista de Aegon. A região cobre toda a área ao sul da Muralha e a norte do Gargalo. O Norte foi governado pela Casa Stark por milhares de anos do castelo de Winterfell, até a Guerra dos Cinco Reis, quando foi traída por seus vassalos Bolton e restituída por Jon Snow, o Lobo Branco. Independentes, dobraram o joelho novamente à Daenerys Targaryen, em troca de seu auxílio na guerra contra os Caminhantes Brancos. Venceram, e hoje são um reino próspero apesar de estéril e duro em sua natureza, e no o estilo de vida dos Deuses Antigos cultuados pelos seus habitantes. Bastardos nascidos no Norte recebem o sobrenome "Snow". Atualmente, a região passa por uma política de não-envolvimento semelhante à de Dorne, embora suas relações sejam mais amistosas com o Trono, do que as do Sul.
Texto de Referência: Wikipedia Game of Thrones.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Território do Norte.

Mensagem por Deus de Muitas Faces em Sex Maio 12, 2017 5:58 am


Casa Stark



História

Os Stark de Winterfell

A Casa Stark de Winterfell é uma das grandes casas de Westeros e a principal casa nobre do Norte, muitas casas menores são seus vassalos. Nos dias antigos eles governaram como Reis do Inverno, mas desde a conquista Targaryen têm sido os Protetores do Norte. Sua sede, Winterfell, é um antigo castelo famoso por sua força. O selo dos Starks é um lobo gigante cinzento correndo em um campo branco de gelo, e seu lema é "O Inverno está Chegando".

A Casa Stark é amiga da Patrulha da Noite e ajuda esta com suprimentos e envio homens nos tempos mais difíceis, são duros e incontestáveis, um dos motivos que os manteriam no poder por milênios, sendo apenas desafiada, raras vezes, pelos Homens de Ferro e pela Casa Bolton, principal adversária dos Stark, até que esta se ajoelhou a eles, 1 000 anos antes da Conquista Targaryen. O casamento entre Stark e Targaryen durou quase três séculos, até que a Casa Baratheon, apoiada pelos Stark, Arryn e Tully, se rebelaram contra o Trono de Ferro, em uma revolta conhecida como a Rebelião de Robert, esta depôs a Casa Targaryen e colocou Robert Baratheon no poder.

Durante o conflito conhecido como a Guerra dos Cinco Reis, a Casa Stark perdeu todos os seus títulos e posses, sendo exilada e usurpada do poder que tinha no Norte, assumindo em seu lugar, os Bolton de Forte do Favor, o poder de tal casa não duraria muito tempo, em vista que uma campanha liderada por Jon e Sansa Stark, com apoio do Vale, da Casa Mormont, entre outras casas menores e dos Selvagens, conseguiram findar e por um fim as atrocidades cometidas pelos Bolton. O Norte se Lembra. Desde o episódio conhecido como Batalha dos Bastados, uma data foi estabelecida, a fim de comemorar o poderio nortenho liderado pela Casa Stark. Desde então, a Casa Bolton foi extinta, substituída por um ramo secundário da Casa Stark, os Stark de Forte do Pavor, descendentes do irmão de Jon Stark, Rickon Stark.

Quando a Casa Targaryen recuperou o poder, pelas mãos de Daenerys, A Primeira de Seu Nome, a Casa Stark foi uma das primeiras a jurar apoio a ela, ajoelhando-se perante a Rainha-Dragão, em troca de ajuda para enfrentar o terrível inverno que se aproximava, e o que ele trazia consigo. Por motivos ignorados até os dias de hoje, o anteriormente Rei do Norte foi capaz de forjar um laço com Rhaegal, um dos dragões da Quebradora de Correntes. Foi montado nele que Jon Stark liderou os exércitos de toda Westeros ao lado de Daenerys, e muito embora o dragão cor esmeralda tenha perecido pelas mãos do Rei da Noite, como seu irmão Viserion, a história do Stark que domou um dragão é contada até os dias de hoje. Jon governaria o Norte de maneira sábia e autocrática por mais de quarenta anos após a Batalha da Aurora, até que este desse lugar a seu filho mais velho, Benjen Stark. Este ficou conhecido como o Rei Que Jurou Fidelidade aos Bastardos do Oriente, os Blackfyre. Durante esse período, a Casa Stark ganhou certa autonomia em relação ao sul. Agora mais do que nunca, o sentimento Nortista estava preservado dentro de suas fronteiras, nem mesmo as casas sulistas tinham tamanha liberdade para governar suas terras, como as casas do Norte tinham. Benjen seria sucedido por seu filho mais velho, Rickon Stark, este governaria por pouco tempo, até que desse lugar ao seu primogênito e atual Guardião do Norte, Bryan Stark.


Atributos de Governo
Sede: Winterfell.
Nível de Edificação: Grande.
Cofres da Casa: 500 Dragões de Ouro.


  • Grãos e Frutos: 80pts. (Máx.150)

  • Força Militar Terrestre: 150 pts. (Máx.250)

  • Força Militar Naval: 00 pts. (Máx.100)

  • Mercantilismo: 50 pts. (Máx.100)
     
  • Pecuária e Aves: 20 pts. (Máx.150)
     
  • Minérios: 110 pts. (Máx.250)

  • Construções: 150 pts. (Máx.200)

  • Maquinário de Guerra: 100 pts. (Máx.100)

    Pontos Reserva:  Nenhum.


    Atributos de Guerra:
    Tropas Totais: 15.000

  • Milícias: 2.000

  • Arqueiros/Besteiros: 2.000

  • Cavalaria Leve: 1.500

  • Cavalaria Pesada: 1.500

  • Infantaria Leve: 3.000

  • Infantaria Pesada: 4.000

  • Cavaleiros: 00

  • Máquinas de Cerco: 1.000

  • Escorpiões: Nenhum.


    Atributos Navais:
    Frotas Totais: 30

  • Dracares: 00

  • Galés de Guerra: 00

  • Galés Mercantes: 00

  • Esquifes: 00



Genealogia
Atual configuração:

Árvore genealógica:
+ Lord Bryan Stark, 25 anos, Senhor de Winterfell, Protetor do Norte.
   - Sua esposa, Ella Baratheon, Senhora de Ponta Tempestade.
   - Seu irmão, Jeremy Stark, atualmente Primeiro Patrulheiro da Patrulha da Noite.
   - Sua irmã, Mabel Stark, atualmente senhora de Jardim de Cima, casada com Lord Olyvar Tyrell, Supremo Marechal da Campina.







Última edição por Deus de Muitas Faces em Sab Out 28, 2017 7:38 pm, editado 3 vez(es)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Território do Norte.

Mensagem por Deus Afogado em Qui Jul 13, 2017 3:11 pm


Casa Karstark



História
A Casa Karstark de Karhold é uma Casa nobre do Norte, e uma ramificação da Casa Stark. Seu brasão é um sol branco sobre um fundo negro, e seu lema é "O sol do Inverno".

Após os eventos da Batalha dos Bastardos, a casa Karstark perdeu influência no Norte, por conta de seu antigo líder ter sido um dos traidores. Seu filho, pai de Andromeda, viveu segundo o regimento do Lobo e provou sua lealdade uma vez mais a casa suserana do Norte. Muito embora isso não tivesse trazido o poder politico de outrora, a casa Karstark se provou mais uma vez, leal aos Stark.

Agora, após queda dos Targaryen, a casa Karstark permanece ao lado do Lobo Gigante do Norte, no aguardo para descobrir a posição que seu suserano assumiria. Enquanto isso, a casa visa subir seu poder militar, para uma vez mais ser a segunda casa mais poderosa do Norte, como foi no passado e como era o desejo do pai de atual líder, com Andrômeda liderando seus números, mesmo que a própria casa ainda esteja abalada com a morte do antigo líder, sabendo que não pode falhar com uma nova guerra do trono se aproximando, seu contingente militar poderia ser de grande ajuda a seus suseranos e que por meio disto sua casa poderia conquistasse mais uma vez toda a importância que outrora tinha.


Atributos de Governo
Sede: Karhold.
Nível de Edificação: Simples.
Cofres da Casa: 250 Dragões de Ouro.


  • Grãos e Frutos: 50pts. (Máx.100)

  • Força Militar Terrestre: 100 pts. (Máx.200)

  • Força Militar Naval: 00 pts. (Máx.100)

  • Mercantilismo: 70 pts. (Máx.100)
     
  • Pecuária e Aves: 40 pts. (Máx.150)
     
  • Minérios: 60 pts. (Máx.150)

  • Construções: 80 pts. (Máx.150)

  • Maquinário de Guerra: 00 pts. (Máx.100)

    Pontos Reserva:  Nenhum.


    Atributos de Guerra:
    Tropas Totais: 4.000

  • Milícias: 500

  • Arqueiros/Besteiros: 700

  • Cavalaria Leve: 500

  • Cavalaria Pesada: 500

  • Infantaria Leve: 1.000

  • Infantaria Pesada: 800

  • Cavaleiros: 00

  • Máquinas de Cerco: 00

  • Escorpiões: Nenhum.


    Atributos Navais:
    Frotas Totais: Não Possui.

  • Dracares: 00

  • Galés de Guerra: 00

  • Galés Mercantes: 00

  • Esquifes: 00



Genealogia
Atual configuração:

Árvore genealógica:
+ Lady Andrômeda Karstark, 19 anos, Senhora de Karhold
   - Seu irmão, Gendrick Karstark, 17 anos.





Trama Criada Por Andrômeda Karstark para Jogo dos Tronos


Última edição por Deus Afogado em Qui Jul 20, 2017 10:14 pm, editado 1 vez(es)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Território do Norte.

Mensagem por Deus Afogado em Qui Jul 13, 2017 3:21 pm


Casa Mormont



História
A Casa Mormont da Ilha dos Ursos é uma antiga casa do Norte, orgulhosa e honrada. Seu estandarte é um urso negro em pé em sob pinheiros verdejantes, seu lema é "Aqui Permanecemos".

Aos longos dos anos sob a governancia da implacável jovem Ursa, Lyanna Mormont, e o retorno dos Stark's para o Norte, está casa ganha peso e influência sem iguais. Por conta dessa influência, muitas coisas mudaram na Ilha dos Ursos.

A primeira e mais notória mudança foi o aumento da Frota. Lyanna, em uma expansão territorial, construindo mais vilas para moradores de todas as partes do Norte que tentavam fugir do caos que aquilo se tornaria durante a guerra do Inverno, Lyanna teve um material sobressalente: Madeira. Aproveitando deste material, Lyanna fez duas coisas: A construção de uma boa Marinha militar e de pesca para os Mormont, e uma mina, para extrair pedras boas para uma nova construção que ela visava se tornar o 'simbolo da força dos Ursos'.

Anos se passaram. Lyanna já velha, quando concluiu sua obra. Um castelo no ponto mais alto da Ilha dos Ursos. Feito de pedra, é uma estrutura firme e que permite uma visão 360 graus de toda a Ilha, e além, podendo enxergar invasões inimigas a kilometros de distância, dando um bom tempo de reação. Nessa altura, Lyanna já havia feito muitas campanhas contra Piratas, resgatou muitas pessoas que se tornaram leais e serviam a casa Mormont. Seu filho, Dorian, aprendeu a navegar com ela, e conheceu também Nanien Breaver, que viria se tornar mais tarde esposa de Dorian.

Neste processo de cem anos, três vilarejos foram erguidos por toda a extensão da Ilha. A Vila Urso, Vila Polar, Vila Forte, conhecida assim por ser protegida pelo antigo castelo dos Mormont, e a Vila Ursa, onde habita a construção de Dorian Mormont, Pequena Ursa, como citado na ficha do mesmo.

Hoje a família Mormont é uma das mais respeitadas do Norte. Sendo seu comércio principal a pesca, seguido da venda da madeira abundante da Ilha, além do fato de Dorian estar sempre participando ativamente de reforços militares a casas mais próximas das muralhas, em caso de ataque dos Selvagens.  


Atributos de Governo
Sede: Pequena Ursa.
Nível de Edificação: Grande.
Cofres da Casa: 350 Dragões de Ouro.


  • Grãos e Frutos: 40pts. (Máx.100)

  • Força Militar Terrestre: 100 pts. (Máx.200)

  • Força Militar Naval: 70 pts. (Máx.200)

  • Mercantilismo: 100 pts. (Máx.200)
     
  • Pecuária e Aves: 90 pts. (Máx.250)
     
  • Minérios: 50 pts. (Máx.100)

  • Construções: 150 pts. (Máx.200)

  • Maquinário de Guerra: 100 pts. (Máx.100)

    Pontos Reserva:  Nenhum.


    Atributos de Guerra:
    Tropas Totais: 5.000

  • Milícias: 1.000

  • Arqueiros/Besteiros: 1.500

  • Cavalaria Leve: 00

  • Cavalaria Pesada: 00

  • Infantaria Leve: 1.500

  • Infantaria Pesada: 1.000

  • Cavaleiros: 00

  • Máquinas de Cerco: 1.000

  • Escorpiões: Nenhum.


    Atributos Navais:
    Frotas Totais: 35

  • Dracares: 05

  • Galés de Guerra: 10

  • Galés Mercantes: 05

  • Esquifes: 15



Genealogia
Atual configuração:

Árvore genealógica:
+ Dorian Mormont, atual Lorde da Ilha dos Ursos, 30 anos.
  - Sua esposa, Nanien Mormont, 28 anos.
  - Sua filha, Norian Mormont, 12 anos.
  - Seu filho, Danien, 9 anos.

Ramo Secundário:
  - Sua irmã, Sunny Manderly, esposa de Cardinale Manderly, Senhora de Porto Branco, 17 anos.





Trama Criada Por Dorian Mormont para Jogo dos Tronos


Última edição por Deus Afogado em Qui Jul 20, 2017 10:12 pm, editado 2 vez(es)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Território do Norte.

Mensagem por Deus Afogado em Qui Jul 13, 2017 3:29 pm


Casa Tallhart



História
Casa Tallhart da Praça Torrhen é uma casa nobre do Norte, embora sejam de classificação magistral ao invés de senhorial. Sua sede é Praça de Torrhen. Seu brasão mostra três árvores sentinelas verdes, sobre um campo marrom, seu lema é "Orgulhoso e livre".

Mesmo nos piores momentos que o Norte enfrentou, os Tallhart, de Praça de Torrhen mantiveram-se leais aos suseranos Stark. Lutaram ao seu lado, enviando seus homens e ajudando na retomada do Norte quando os Bolton ousaram usurpar Winterfell. Orgulhosos e Livres, como dita em seu lema, os Tallhart jamais temeram a morte. Com o passar dos anos, sua lealdade e esforços foram reconhecidos pelos nobres lobos, o que permitiu que a casa prosperasse. Muitas perdas aconteceram pelo caminho, mas Eddara Tallhart soube como conduzir sua casa, fazendo dela, uma das mais leais de todo o Norte. Geração após geração, o lugar dos Tallhart fora mantido, com Lordes justos e leais, seu exército aos poucos se expandiu, mas ainda não era tão grande quanto o de outras Casas mais nobres. Todavia, dizia-se que homens da Praça de Torrhen eram guerreiros surpreendentes, capazes de proteger seu castelo em situações totalmente desfavoráveis a eles. De alguma forma, depois de tantas guerras, criou-se uma cultura militar entre os Tallhart, fazendo com que até mesmo as filhas do Lorde fossem educadas para situações de guerra e combate.  

Quando Brandon Tallhart morreu, seu filho Hellman Tallhart ascendeu ao seu lugar, um homem de temperamento justo e firme. Bom pai e bom marido. Com sua esposa, teve quatro filhos, um primogênito e herdeiro, seguido de mais três meninas. Sempre sentiu-se feliz pela família que os Deuses haviam lhe dado, mesmo tendo perdido a esposa no parto da filha caçula. Com mãos firmes e determinação, tendo ao lado o irmão mais novo, continuou o legado de sua família. Seu filho mais velho Jorah, tornou-se seu braço direito, aprendendo como deveria governar. Mas nem sempre a felicidade foi uma constante entre eles. Pouco depois de ter casado sua filha mais velha, Darlessa, o marido da mesma morreu de forma trágica, lançando não somente ela, mas toda a família em grande tristeza. Era como se um longo inverno tivesse chegado a Praça de Torrhen.  

O destino porém, trouxe mais uma reviravolta a família, ainda enlutada, Darlessa aprendeu as artes do combate e da espada, em seguida de todas as outras armas que ela tocava. Ainda que o patriarca não gostasse de admitir, sua filha era a melhor guerreira da Praça. Todavia, o que veio a seguir foi a escolha mais difícil do velho homem. Depois de muito ponderar, enviou sua filha para a Ilha dos Ursos, onde ela aperfeiçoaria suas técnicas, além de garantir uma forte aliança com a família Mormont. Os inimigos continuavam a ronda-los e ele sabia que por mais que fosse uma escolha difícil, essa era a certa se fazer. Algo dentro dele dizia que nunca mais veria a filha depois daquela partida e ele estava totalmente certo quanto a isso.  

Alguns anos depois Hellman Tallhart, veio a falecer, uma mal súbito que matou o homem rapidamente. Jorah, seu filho mais velho passou a ser o Lorde daquele castelo e a única coisa em que ele pensava era em dar continuidade ao trabalho do pai. Mas de algum modo, a morte do patriarca tirou a paz daquele lugar. Falava-se em conspiração, o avanço militar dos Tallhart causava inveja em muitas casas. Além das outras casas, haviam rumores que os Homens de Ferro voltariam a ataca-los na tentativa de tomar o castelo. Tudo que estava ao alcance de Jorah fora feito para garantir que suas irmãs continuassem protegidas e seguras, bem como o povo que ele governava.  Jamais permitiria que todas as conquistas de sua família se perdessem, era sua obrigação honrar o legado de seus  antepassados. Pensou em escrever para a irmã que estava junto dos Mormont, havia escutado rumores sobre sua competência militar, porém, isso significava trazer a tona, toda dor que ela uma vez sentiu. Ponderou e deixou que as coisas continuassem como estavam.  

Em uma das tentativas de proteger seu lar, o Lorde Tallhart foi pego em uma emboscada, mercenários sem escrúpulos, pagos para matar o nobre homem que não teve tempo de se casar e garantir que sua casa tivesse um herdeiro. Os Tallhart pareciam frágeis, apenas duas jovens meninas que não tinham a mínima ideia de como administrar aquele castelo. Não tardou para que alguns pedidos de casamento surgissem para as jovens meninas, olhares gananciosos sobre o legado da família. As meninas se viram perdidas e por mais que tivessem por perto ótimos conselheiros, não sabiam como lidar com toda aquela situação, estavam claramente abaladas com a morte do irmão mais velho. Por mais que tivessem sido educadas para lidar com as coisas do castelo, com situações adversas e até mesmo perigosas, ainda não tinham experiência suficiente para isso.  

Mas com a morte do irmão, Darlessa, a irmã mais velha, fora liberada pelo Lorde Mormont de suas atribuições na Ilha dos Ursos, podendo regressar ao seu lar. Muitos eram aqueles que já haviam ouvido seu nome, era uma mulher forte e decidida, que tomou para si a liderança da casa, jurando proteger as irmãs de qualquer coisa. Aqueles que esperavam uma mulher frágil no comando se enganaram, encontraram uma mulher que sabia exatamente o que fazia, uma comandante experiente. Assim como seu pai e seu irmão, ela continuaria preservando o prestígio de sua família e protegeria aqueles que confiavam em sua família, os servindo lealmente. Uma coisa, porém, ficou clara em todo o Norte assim que ela tomou seu lugar como Lady da Praça de Torrhen, ela descobriria quem havia matado seu irmão e o faria pagar muito caro pela morte dele, derramando o sangue dos assassinos para que servisse de lição para aqueles que ousassem tentar algo contra os Tallhart.  


Atributos de Governo
Sede: Praça de Thorren.
Nível de Edificação: Simples
Cofres da Casa: 150 Dragões de Ouro.


  • Grãos e Frutos: 40pts. (Máx.100)

  • Força Militar Terrestre: 70 pts. (Máx.150)

  • Força Militar Naval: 00 pts. (Máx.100)

  • Mercantilismo: 30 pts. (Máx.100)
     
  • Pecuária e Aves: 40 pts. (Máx.100)
     
  • Minérios: 50 pts. (Máx.100)

  • Construções: 70 pts. (Máx.150)

  • Maquinário de Guerra: 00 pts. (Máx.100)

    Pontos Reserva:  Nenhum.


    Atributos de Guerra:
    Tropas Totais: 1.500

  • Milícias: 200

  • Arqueiros/Besteiros: 300

  • Cavalaria Leve: 150

  • Cavalaria Pesada: 150

  • Infantaria Leve: 400

  • Infantaria Pesada: 300

  • Cavaleiros: 00

  • Máquinas de Cerco: 1.000

  • Escorpiões: Nenhum.


    Atributos Navais:
    Frotas Totais: Não Possui

  • Dracares: 00

  • Galés de Guerra: 00

  • Galés Mercantes: 00

  • Esquifes: 00



Genealogia
Atual configuração:

Árvore genealógica:
+ Lady Darlessa Tallhart, 30 anos, atual Mestre da Praça de Torrhen.
  - Sua irmã, ____, ___ anos.    
  - Seu irmã,_____, ____ anos
  - Seu pai, Lorde Helman Tallhart, 52 anos, Mestre da Praça de Torrhen †  
  - Sua mãe, Lady Jocelyn Tallhart, - Da casa Hornwood. † (Faleceu no parto da filha caçula)  
  - Seu filho e herdeiro, Jorah Tallhart, 31 anos, Mestre da Praça de Torrhen †. (Morto por mercenários, sem filhos e esposa)





Trama Criada Por Darlessa Tallhart para Jogo dos Tronos


Última edição por Deus Afogado em Qui Jul 20, 2017 10:18 pm, editado 1 vez(es)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Território do Norte.

Mensagem por Deus Afogado em Qui Jul 13, 2017 3:38 pm


Casa Manderly



História
A Casa Manderly de Porto Branco é um antiga casa do Norte com suas origens na Campina. Centenas de anos antes da Conquista, os Manderly viviam às margens do poderoso rio Vago, mas foram expulsos pela Casa Gardener. Eles fugiram para o norte e foram recebidos pela Casa Stark como seus vassalos. Devido às suas origens, são a única casa nobre do Norte com costumes e origens Ândalas, e, assim, seguem a Fé dos Sete, em vez dos Deuses Antigos.

Eventualmente, se tornaram os senhores de Porto Branco, anteriormente habitado por piratas, que foram expulsos por Jon Stark. Porto Branco é a única cidade do Norte, e o principal porto de comércio e transporte naval. Sendo os Manderly os vassalos mais ricos da Casa Stark por exercer domínio sobre essa região. Seu brasão é um tritão branco com cabelo verde escuro, barba e cauda, carregando um tridente preto, sobre um campo azul-verde.

Mas não são apenas ricos, como também leais, pois os Manderly tiveram uma participação importante na retomada do poder pela casa Stark. Após essa última ter sua soberania usurpada pela casa Bolton de Forte do Pavor, logo após a guerra dos cinco reis, e o episódio que ficou conhecido como casamento vermelho. O fato é que, com a restauração da soberania dos Stark, a casa Manderly provou o seu valor e ganhou ainda mais respeito perante seus suseranos e seus compatriotas nortenhos. Fortalecendo os seus laços com o lobo branco e se tornando uma das mais leais a casa Stark desde então.

Os Manderly continuam com o seu próspero governo sobre a cidade portuária de Porto Branco e a vasta região do rio Faca Branca, conseguindo assim, estabelecer Porto Branco em definitivo como o principal ponto de comércio do Norte. E obtendo uma posição econômica ainda mais vasta do que antes e até mesmo invejável, sendo para muitos umas das principais portas de entrada para o território nortenho, além de ser a região mais populosa e fértil do mesmo. Os Manderly também ocupam a posição de principal força naval do Norte, uma vez que possui uma poderosa frota a seu serviço.

Recentemente o jovem herdeiro da casa, Cardinale Manderly, assumiu o seu lugar como Lord após a trágica morte de seu pai, emboscado por salteadores enquanto patrulhava a costa da Dentada em seu navio. Cardinale um visionário, trouxe inúmeros planos para sua casa e domínios, usando de seu poder econômico para melhorar a cidade de Porto Branco e estabelecer uma linha de comércio direto com as cidades livres Essos. Atraindo assim, um olhar mais interessado por parte dos estrangeiros em relação ao Norte. Já que antes eles buscavam como suas principais relações comerciais os sulistas, ele também conseguiu afastar um pouco os piratas de sua região, assim como aumentar o seu poder militar. Os Manderly atualmente possuem uma força militar considerável, e ocupam a posição de segunda casa mais poderosa do Norte, estando sempre pronta para servir os seus suseranos ou o seu território.


Atributos de Governo
Sede: Castelo Novo.
Nível de Edificação: Grande.
Cofres da Casa: 450 Dragões de Ouro.


  • Grãos e Frutos: 40pts. (Máx.150)

  • Força Militar Terrestre: 150 pts. (Máx.250)

  • Força Militar Naval: 150 pts. (Máx.250)

  • Mercantilismo: 150 pts. (Máx.200)
     
  • Pecuária e Aves: 100 pts. (Máx.200)
     
  • Minérios: 60 pts. (Máx.100)

  • Construções: 150 pts. (Máx.200)

  • Maquinário de Guerra: 60 pts. (Máx.150)

    Pontos Reserva:  Nenhum.


    Atributos de Guerra:
    Tropas Totais: 8.000

  • Milícias: 1.000

  • Arqueiros/Besteiros: 1.000

  • Cavalaria Leve: 1.000

  • Cavalaria Pesada: 1.000

  • Infantaria Leve: 2.300

  • Infantaria Pesada: 1.000

  • Cavaleiros: 500

  • Máquinas de Cerco: 200

  • Escorpiões: Nenhum.


    Atributos Navais:
    Frotas Totais: 40

  • Dracares: 10

  • Galés de Guerra: 15

  • Galés Mercantes: 10

  • Esquifes: 05



Genealogia
Atual configuração:

Árvore genealógica:
+ Lord Cardinale Manderly, Senhor de Porto Branco; Guardião de Faca Branca; Escudo da Fé; Defensor dos Despojados; Senhor Marechal do Vago; Cavaleiro da Ordem da Mão Verde, 28 anos.
  - Lady Sunny Manderly, da Casa Mormont, senhora de Porto Branco, 17 anos;
  - Seu primogênito e herdeiro, Noah Manderly, 3 anos;
 

Ramo Secundário:

 - Seu irmão, Charles Manderly, morto.
  - Seu irmão,  _______ Manderly.





Trama Criada Por Cardinale Manderly para Jogo dos Tronos


Última edição por Deus Afogado em Qui Jul 20, 2017 10:20 pm, editado 3 vez(es)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Território do Norte.

Mensagem por Deus Afogado em Qui Jul 13, 2017 3:58 pm


Casa Knott



História
A Casa Knott também conhecida como Clã Knott é um dos Clãs das Montanhas. O chefe do clã é conhecido como "O Knott", todavia em Winterfell é referido como Lorde Knott. Seu brasão ostenta um nó marrom em campo prata. Suas fortalezas se encontram no alto das montanhas ao norte da Mata de Lobos.

Antes da Conquista de Daenerys Targaryen o clã Knott adotara uma política isolacionista quando os Bolton de Forte do Pavor aplicaram um golpe de estado sobre o Rei Robb Stark, e juntamente com os outros clãs, viveram sem serem intocados pelo reinado de terror dos usurpadores. Quando o Rei Stannis Baratheon havia chegado no Norte com seu exército e determinados a retomar Winterfell, alguns clãs pequenos das montanhas juraram lealdade e apoio ao homem, os Knott também o fizeram e após a derrota trágica se retiraram para as montanhas novamente.

Quando Jon Snow retornou à vida em Castelo Negro e motivado por sua meia-irmã Sansa Stark, liderou a Batalha dos Bastardos, e, muitos clãs das montanhas que não haviam se levantado à favor de Stannis Baratheon o fizeram à favor de Jon Snow, enxergando nele e em sua meia-irmã uma oportunidade de se redimir e demonstrar o valor dos nortenhos e suas palavras ‘O Norte se Lembra’.

Com a relativa paz que Jon Snow garantiu para o Norte como Rei, os Knott puderam desenvolver suas atividades econômicas sem preocupação, minerando e criando caprinos e ovinos para a venda e consumo.

Com a chegada de Daenerys Targaryen e a Batalha da Aurora os Knott foram liderados por Jon Snow, assim como muitos outros senhores e homens do Norte, e com a posterior vitória (que matou muitos homens do clã Knott e até mesmo integrantes da família) estes puderam desfrutar de paz relativa ao se ajoelharem e jurarem fidelidade a Rainha Dragão e aos Lobos de Winterfell. Com o passar dos anos quebraram sua política isolacionista e passaram a se relacionar com homens de Mata de Lobos, outros Clãs das Montanhas e outras casas, mas mantendo seus costumes e sua cultura diferenciada.

Quando Jovem Griff (Aegon Blackfyre) invadiu Westeros estes se mantiveram neutros. Ao longo dos anos o Clã Knott aperfeiçoou sua fortaleza no topo de uma das montanhas mais altas, gozando de um desenvolvimento econômico lento e custoso baseado na criação de gado e na mineração de materiais baratos.

Após a morte do pai de Miraak Knott, este encarou algumas instabilidades logo no início de seu poder, enfrentando uma rebelião de dois clãs das montanhas que possuíam pouco prestígio entre seus semelhantes e pouca força militar, e como resultado foram esmagados pelo “O Knott”,  fato este que o levou a batizar sua fortaleza após matar os últimos insurgentes, lançando-os do topo de sua montanha.

Atualmente, os Knott vivem em suas pequenas terras montanhosas tentando desenvolver sua atividades econômicas, e buscando se relacionarem mais com as casas nortenhas, numa busca de reconhecimento e participação mais ativa no Norte, entretanto, continuam cautelosos.


Atributos de Governo
Sede: Fortaleza Knott.
Nível de Edificação: Simples
Cofres da Casa: 150 Dragões de Ouro.


  • Grãos e Frutos: 40pts. (Máx.100)

  • Força Militar Terrestre: 70 pts. (Máx.150)

  • Força Militar Naval: 00 pts. (Máx.100)

  • Mercantilismo: 30 pts. (Máx.100)
     
  • Pecuária e Aves: 50 pts. (Máx.100)
     
  • Minérios: 60 pts. (Máx.100)

  • Construções: 60 pts. (Máx.100)

  • Maquinário de Guerra: 00 pts. (Máx.100)

    Pontos Reserva:  Nenhum.


    Atributos de Guerra:
    Tropas Totais: 1.500

  • Milícias: 400

  • Arqueiros/Besteiros: 500

  • Cavalaria Leve: 150

  • Cavalaria Pesada: 150

  • Infantaria Leve: 200

  • Infantaria Pesada: 100

  • Cavaleiros: 00

  • Máquinas de Cerco: 1.000

  • Escorpiões: Nenhum.


    Atributos Navais:
    Frotas Totais: Não Possui

  • Dracares: 00

  • Galés de Guerra: 00

  • Galés Mercantes: 00

  • Esquifes: 00



Genealogia
Atual configuração:

Árvore genealógica:
+Lorde Miraak Knott, 34 anos, senhor do Alto da Montanha; Chefe do Clã Knott; O Knott.
+Sua esposa, _____ Knott, da Casa Harclay, 36 anos, senhora do Alto da Montanha. Uma mulher enfermiça.
  -Sua filha, _____ Knott, 16 anos.
  -Seu filho e herdeiro, _____ Knott, 14 anos.
  -Seu filho, _____ Knott, 06 anos.

Ramo Secundário:

+Seu irmão, _____ Knott, 30 anos, um irmão juramentado da Patrulha da Noite.

+Sua irmã, _____ Knott, 28 anos, casada com um Burley.





Trama Criada Por Miraak Knott para Jogo dos Tronos


Última edição por Deus Afogado em Qui Jul 20, 2017 10:23 pm, editado 1 vez(es)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Território do Norte.

Mensagem por Deus Afogado em Qui Jul 13, 2017 7:48 pm


Casa Locke



História
Casa de Locke de Castelovelho é uma casa nobre do Norte. Seu brasão são duas chaves cruzadas de bronze em um plano branco e roxo.

Durante a série de batalhas ocorridas no Tridente na Guerra dos Cinco Reis, quando a notícia da prisão de Eddard por alta traição chegou a Winterfell e Robb convocou os vassalos nortenhos, marchando assim com seu exército para as terras fluviais, tencionando ajudar a Casa Tully, que estava sendo atacada pelos Lannister, e também libertar seu pai. Os Locke foram uma das casas que mais sofreram com pesadas perdas nas Batalhas.

Contudo, permaneceram leais apoiando jovem lobo e o reconheceram como seu rei, quando Eddard Stark foi executado e Robb Stark foi aclamado a tal título pelos nortenhos e senhores dos rios. Libertando o Norte dos laços com o Trono de Ferro e entrando numa guerra contra o mesmo.

Nos eventos que se seguiram como, por exemplo, o massacre conhecido como Casamento Vermelho. Onde Robb Stark foi assassinado, assim como inúmeros nortenhos. Alguns Locke também foram vitimados.

Dobrando os joelhos tempos mais tarde para a casa Bolton que foi aclamada como protetora e suserana do Norte, após a casa Stark ser exilada, mas permanecendo em segredo leal aos lobos de Winterfell, inclusive conspirando com a casa Manderly contra os Bolton. Ganhado mais tarde a estima dos Stark, quando eles foram restabelecidos como senhores do Norte.

Atualmente a casa Locke aumentou notavelmente sua força no Norte, mas permanece muito atrás em relação a casas como Manderly, Mormont e Tallhart. Mesmo assim e vista como uma das casas mais leais a Winterfell, sempre seguindo seus suseranos como vassalos fiéis e honrados.


Atributos de Governo
Sede: Castelovelho.
Nível de Edificação: Simples.
Cofres da Casa: 150 Dragões de Ouro.


  • Grãos e Frutos: 30 pts. (Máx.100)

  • Força Militar Terrestre: 70 pts. (Máx.100)

  • Força Militar Naval: 00 pts. (Máx.100)

  • Mercantilismo: 60 pts. (Máx.150)
     
  • Pecuária e Aves: 60 pts. (Máx.150)
     
  • Minérios: 20 pts. (Máx.100)

  • Construções: 70 pts. (Máx.150)

  • Maquinário de Guerra: 00 pts. (Máx.100)

    Pontos Reserva:  Nenhum.


    Atributos de Guerra:
    Tropas Totais: 1.000

  • Milícias: 00

  • Arqueiros/Besteiros: 200

  • Cavalaria Leve: 100

  • Cavalaria Pesada: 150

  • Infantaria Leve: 350

  • Infantaria Pesada: 200

  • Cavaleiros: 00

  • Máquinas de Cerco: 00

  • Escorpiões: Nenhum.


    Atributos Navais:
    Frotas Totais: Não Possui

  • Dracares: 00

  • Galés de Guerra: 00

  • Galés Mercantes: 00

  • Esquifes: 00



Genealogia
Atual configuração:

Árvore genealógica:
+ Lorde Ondrew Locke, senhor de Castelevelho e chefe da casa Locke, morto.
+ Sua esposa, Lady Sybelle Locke, 35 Anos, regente de Castelovelho. (livre)
  - Sua única filha e herdeira, Tomine Locke, 17 Anos.




Trama Criada Por Tomine Locke para Jogo dos Tronos

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Território do Norte.

Mensagem por Deus Afogado em Ter Ago 01, 2017 12:08 am


Casa Cerwyn



História
A Casa Cerwyn de Castelo Cerwyn é uma Casa Nobre do Norte. Eles são um dos vassalos mais próximos dos Stark`s, e o Castelo Cerwyn fica apenas a meio dia de viajem de Winterfell. Seu brasão ostenta um machado de batalha negro em campo branco. O lema da casa é "Amolado e Pronto".

Os Cerwyn sempre prestam apoio a seus suseranos, como por exemplo na Guerra dos Cinco Reis. Os Cerwyn foram os primeiros a apoiar Robb Stark quando ele convocou seus porta-bandeiras. E foram de extrema importância na Batalha do Ramo Verde, batalha na qual o lord Medger foi capturada na época e veio a falecer. Outro fato que só fortalecia a união com os Stark’s, era que já tiveram membros unidos por matrimonio a muito tempo atrás. Quando Robard Cerwyn ( o irmão do lord tinha esse nome em sua homenagem ) casou-se com Aregelle Stark.

Atualmente o atual lord governa o castelo Cerwyn de forma inteligente, já que a sede fica nas margens do principal rio do Norte, Faca Branca, o mesmo abusa de toda abundancia que o rio pode oferecer. Além do fato que os guardas de tal casa, sempre estão bem treinados e pronto para ajudar seus aliados sempre que precisarem. Seu filho e filha são educados da melhor forma possível, para que o futuro herdeiro saiba governar como o pai e para que a garota se torne uma bela lady.

Boatos percorriam todo o Norte, dizendo que os Cerwyn adotaram o uso de métodos antigos dos Bolton, como o esfolamento. Não porque gostavam daquela casa que havia se rebelado contra os Stark’s a anos atrás, e sim pois achavam um método muito eficiente de punir aqueles que os afrontavam, ou desobedeciam suas regras.



Atributos de Governo
Sede: Castelo Cerwyn.
Nível de Edificação: Simples.
Cofres da Casa: 200 Dragões de Ouro.


  • Grãos e Frutos: 40pts. (Máx.100)

  • Força Militar Terrestre: 100 pts. (Máx.200)

  • Força Militar Naval: 00 pts. (Máx.100)

  • Mercantilismo: 80 pts. (Máx.150)
     
  • Pecuária e Aves: 30 pts. (Máx.100)
     
  • Minérios: 60 pts. (Máx.150)

  • Construções: 90 pts. (Máx.150)

  • Maquinário de Guerra: 00 pts. (Máx.100)

    Pontos Reserva:  Nenhum.


    Atributos de Guerra:
    Tropas Totais: 2.000

  • Milícias: 200

  • Arqueiros/Besteiros: 500

  • Cavalaria Leve: 300

  • Cavalaria Pesada: 200

  • Infantaria Leve: 400

  • Infantaria Pesada: 400

  • Cavaleiros: 00

  • Máquinas de Cerco: 00

  • Escorpiões: Nenhum.


    Atributos Navais:
    Frotas Totais: Não Possui.

  • Dracares:

  • Galés de Guerra: 00

  • Galés Mercantes: 00

  • Esquifes: 00



Genealogia
Atual configuração:

Árvore genealógica:

Ramo primário:

+ Lorde Roose Cerwyn, 35 anos, Senhor do Castelo Cerwyn;
+ Sua esposa, _____ Cerwyn, 33 anos da Casa Ryswell, Senhora de Castelo Cerwyn.
  - Seu filho, _____Cerwyn, 17 anos, herdeiro de Castelo Cerwyn;
  - Sua filha, _____ Cerwyn, 16 anos.

Ramo secundário:

+ Seu irmão, Robard Cerwyn, 33 anos, conselheiro de Lorde Roose Cerwyn.





Trama Criada Por Robard Cerwyn para Jogo dos Tronos

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Território do Norte.

Mensagem por Deus de Muitas Faces em Dom Out 22, 2017 5:43 pm


Casa Stark de Forte do Inverno



História

Os Stark de Forte do Inverno.

      A Casa Stark de Forte do Pavor surgiu após a derrota e aniquilação da Casa Bolton, após a Batalha dos Bastardos. O Bastardo legitimado por Tommen Baratheon, Ramsay Bolton, acabou por matar seu irmão mais novo para preservar seu governo. Não sabia ele, que seria assassinado mais tarde por Lady Sansa Stark, que tornaria-se mais tarde a governante do Vale, como Lady Arryn. O selo dos Starks de ramo secundário é um lobo gigante cinzento correndo em um campo branco de gelo, e seu lema é "O Inverno está Chegando". Descendem de Arya Stark, que apesar de nunca ter casado, teve um filho homem que continuou sua linhagem, legitimado por Daenerys Targaryen e seus primos do ramo principal como Senhor de Forte do Pavor. Thorren Stark, alguns dizem, seria um filho de Gendry Baratheon, concebido fora do casamento com sua prima, Shireen.

      Não demorou até que os descendentes de Arya pusessem em bom uso os recursos e as capacidades naturais das terras que outrora pertenceram à família Bolton. O Forte do Pavor foi renomeado Forte do Inverno, em homenagem ao lema de sua família. Atualmente, junto dos Karstark, Mormonts e Manderlys, são os servos mais leais de seu ramo principal, e os primeiros a atender um chamado para a batalha. São conhecidos por seus homens de infantaria habilidosos, e pela habilidade com a caça.



Atributos de Governo
Sede: Forte do Inverno.
Nível de Edificação: Grande.
Cofres da Casa: 400 Dragões de Ouro.


  • Grãos e Frutos: 90pts. (Máx.150)

  • Força Militar Terrestre: 150 pts. (Máx.250)

  • Força Militar Naval: 00 pts. (Máx.100)

  • Mercantilismo: 60 pts. (Máx.100)
     
  • Pecuária e Aves: 150 pts. (Máx.250)
     
  • Minérios: 30 pts. (Máx.250)

  • Construções: 150 pts. (Máx.200)

  • Maquinário de Guerra: 50 pts. (Máx.100)

    Pontos Reserva:  Nenhum.


    Atributos de Guerra:
    Tropas Totais: 8.000

  • Milícias: 1.000

  • Arqueiros/Besteiros: 1.000

  • Cavalaria Leve: 750

  • Cavalaria Pesada: 750

  • Infantaria Leve: 1.000

  • Infantaria Pesada: 3.000

  • Cavaleiros: 00

  • Máquinas de Cerco: 500

  • Escorpiões: Nenhum.


    Atributos Navais:
    Frotas Totais: Não Possui.

  • Dracares: 00

  • Galés de Guerra: 00

  • Galés Mercantes: 00

  • Esquifes: 00



Genealogia
Atual configuração:

Árvore genealógica:
+Stark's de Forte do Inverno -
+ Lorde Siegfried Stark, 36 anos, senhor e protetor de Forte do Inverno.
 + Sua esposa, falecida no parto.
  + Seu filho _____ Stark de 10 anos.
+ Seu irmão, Ethan Stark, 29 anos.
+ Seu irmão, ______ Stark 26 anos.
+ Sua irmã, ______ Stark 24 anos.




Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Território do Norte.

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum