Muralhas do Castelo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Muralhas do Castelo

Mensagem por Azor Ahai em Seg Maio 22, 2017 8:52 am


Muralhas

Vastas e grossas paredes de pedra negra que cercam o castelo. Todas feitas de enormes pedras negras perfeitamente encaixadas e lisas, as muralhas de Porto Negro são formidáveis e inexpugnáveis. Inúmeras torres de vigia internas e externas estão espalhadas sobre o local. Essas enormes muralhas são fortemente guardadas por arqueiros, balestras e lança-chamas. Além de algumas catapultas em pontos estratégicos.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Muralhas do Castelo

Mensagem por Alayna Dondarrion em Dom Jun 18, 2017 1:58 pm



Senhora dos Relâmpagos

Assistia o pôr do sol através das muralhas de Portonegro na companhia do meu capitão da guarda, conversávamos sobre o fluxo de pessoas que tinham diminuído nos últimos anos na região. Talvez por causa da grande escassez que houve em Dorne com a fúria dos desertos, trazendo-me a vaga lembrança na qual meu pai havia ajudado pessoalmente Lord Garret no socorro a Dorne. Melhorando em muito a relação entre Portonegro e os habitantes de lá. - Esse território já não e mais o mesmo... Sussurrei com desgosto à medida que o meu olhar recaía sobre o caminho do espinhaço. Quando minha atenção foi atraída para a chegada inesperada do Meistre, informando que mais um corvo trazendo uma proposta de casamento havia chegado a Portonegro. Lord Fell de Bosque Cortado oferecia o seu herdeiro para casar comigo, como se eu, uma Dondarrion, descendente dos senhores dos relâmpagos precisasse de casamento. - Envie um agradecimento, mas que não aceito a proposta. Não preciso de homem algum... Posso governar minhas terras e castelo muito bem sozinha. Mantive o meu olhar fixo no caminho do espinhaço, um pouco frustrada com essas propostas de casamentos que os Lords compatriotas insistiam em enviar.

- Mas Milady! O herdeiro Fell e um ótimo partido e a ajudaria a governar com sabedoria e tranquilidade, além disso, teria uma aliança política e militar com Bosque Cortado. Sem contar que seria sua consorte um dia... Insistiu o Meistre, roubando-me um suspiro cansado e um olhar irritado. - Meistre Onny, eu não tenho interesse em casamentos políticos que beneficiariam casas do extremo norte das Terras da Tempestade. Não sei se prestou atenção mais vivemos nas Marcas de Dorne, e mesmo que uns dos mesmos vizinhos das Marcas oferecessem casamento a mim, eu não aceitaria. Pousei ambas as mãos sobre a murada da muralha, sentindo meus cabelos negros e soltos esvoaçarem no forte vento que pairava pelo local. - Minha senhora... Pode até ser amada pelo seu povo hoje, mas tem de se precaver para que não a olhem com desconfiança mais tarde. Arqueei levemente uma sobrancelha e olhei para o Meistre com um sorriso sarcástico nos lábios, aproximando-me do mesmo e pousando uma mão sobre seu ombro. - Meistre eu não necessito de casamento e espero que pare de tentar arranja-los para mim, ou serei obrigada a solicitar outro Meistre à cidadela e envia-lo para o raio que o parta. Olhei para o capitão da guarda com um semblante inexpressivo. - Leve esse velho tolo para o castelo. Talvez estivesse sendo inflexível demais com o velho Meistre Onny, mas odiava ser incomodada com assuntos sobre casamento. Não pretendia me casar tão cedo e não toleraria que ninguém os ficasse me arranjando. - Se quer tanto fazer alianças políticas, Meistre. Envie corvos para Tombastela e Paloferro a fim de fortalecer laços de amizade, assim conseguiremos alianças políticas. Cruzei os braços e voltei a encarar o caminho que ligava as Terras da Tempestade a Dorne.

Sabia que a preocupação do meu Meistre não era exatamente alianças políticas, mas um herdeiro que pudesse dar continuidade a minha linhagem e consequentemente a do meu pai. Contudo, meus planos ultimamente estavam focados em reconstruir velhos laços de amizades com casas Dornesas. No passado os senhores da tempestade e os habitantes de Dorne foram rivais ferrenhos, mas isso muda com o passar das eras até que laços de amizade foram construídos. Eu queria fortalecer laços entre Portonegro e os castelos próximos a ele, como por exemplo, Tombastela, Wyll e Paloferro. Principalmente com Tombastela com que já tivemos uma excelente relação, quando meu antepassado Beric Dondarrion foi casado da senhora Allyria Dayne.

- Treino Politica -
- Interação Flashback -

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum