Sistema de Quest/Missões

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sistema de Quest/Missões

Mensagem por Deus de Muitas Faces em Sab 28 Out 2017 - 12:22



Sistema de Missões


O sistema de Quest no fórum é bem simples. Retornando ao modelo de jogo de aventura, onde há um Narrador que conta e guia a história, e jogadores que seguem o roteiro se adaptando às situações para que consigam alcançar seus objetivos no fim. É claro que a conquista deste objetivo dependerá de fatores além da mera conclusão da missão. O desempenho do player e uma dose de sorte terão de fazer valer sua iniciativa. Ao menos para que o sucesso seja pleno, e para que sobreviva.

Como funciona:

A Staff irá anunciar plots definidas através do Administrador da Área visando grupos de três a cinco pessoas e um narrador. O primeiro pré-requisito para participar da aventura, quer seja como narrador ou como jogador, é o compromisso de postar ao menos duas vezes por semana na aventura. Caso algum membro não possa postar, o restante do grupo pode optar por pular a sua vez e no fim da aventura ele terá seus ganhos, tanto materiais quanto em formato de experiência, descontados.

Existem quatro estilos de Missões pré-definidos:

1 – Averiguar a veracidade de rumores: Esse tipo de missão é perfeito para personagens que sejam focados em espionagem, seguindo o sistema de espiões do fórum. Não apenas eles, mas jogadores com foco em política e guerreiros podem fazer parte do grupo exercendo papéis importantes durante as aventuras. É importante ressaltar que a diferença entre uma informação obtida em missão e uma obtida pelo sistema, é que as recompensas de uma missão com foco em espionagem se somam à mera aquisição da informação;

2 – Caça ao tesouro / Roubo: Isso mesmo. Esses tesouros podem ser desde um baú cheio de dragões de ouro que foi perdido durante um transporte quanto a Espada perdida Rugido Brilhante ou ainda a espada Blackfyre. Não apenas isso, mas ovos de dragões, elixires mágicos capazes de curar qualquer doença ou ferida mortal, livros raros que podem valer uma fortuna para os Meistres da Cidadela, pergaminhos contendo fórmulas mágicas para a produção de aço valiriano ou para domar dragões, tomos empoeirados capazes de localizar relíquias escondidas ao redor do mundo e outros, também estão na lista. Mas é bom lembrar que o perigo e as chances de morte crescem na medida da dificuldade do que se busca;

3 – Assassinato: Personagens criados e que não são mais usados podem se tornar alvos de missões de assassinato anunciadas pela Staff. Além disso, um personagem ativo pode ser marcado como alvo por outro, com o uso da nossa Lista de Alvos, neste link aqui. Apenas um personagem que possa pagar pelos caros serviços de um assassino profissional poderá lançar o pedido de missão, e apenas personagens que de fato pertencem à uma Guilda de Assassinos poderão pegá-la, seja ele um Homem Pesaroso, Homem Sem Rosto ou Serpente de Areia. A exceção, é por traição de juramento, durante missões em corrente, que podem desencadear o direito de vingança;

4 - Juramento: (Alô, Brienne!) Personagens atados por juramento devem seguir as ordens de seu senhor ou senhora independente das dificuldades. Uma missão por juramento envolve buscas, resgates furtivos ou ainda a captura de algum alvo, mas suas especificidades deverão ser tratadas no pedido de missão;

Além disso, os personagens podem emitir suas próprias missões! Como assim?

Caso um personagem tenha alguma missão em mente, quer seja para ele mesmo realizar ou com o objetivo de contratar terceiros, o jogador deverá postar uma Ficha de Plot no tópico dos Pedidos de Quest, seguindo os requisitos abaixo. O plot deverá estar detalhado, da mesma forma que uma missão criada pela Staff estará. O Administradores então debaterão sobre essa mensagem na Área STAFF e dentro do limite de sete dias responderão ao jogador a viabilidade de tal missão, a partir de uma votação entre os membros. Uma missão poderá ser recusada quando for julgada além dos níveis do personagem que a solicita, contraproducente com a trama planejada para o fórum, ou de alguma maneira tendenciosa, considerando que seu sucesso poderia trazer um desequilíbrio ao fórum;

Todas as missões quando anunciadas terão as seguintes informações:

Código:
[center]Nome da Missão[/center]

[b]- Objetivo da Missão:[/b]
[b]- Nível da Missão:[/b] (Criança do Verão, Meninos Verdes, Jovens do Outono, Filhos do Inverno ou Campeões da Alvorada);
[b]- Pré-requisitos da Missão:[/b] atributos e habilidades baseando-se no nível da missão e possivelmente objetivos. Este item será preenchido pela Staff após o pedido da missão, e deve ser deixado em branco;
[b]- Recompensa da Missão: [/b]A experiência adquirida é variável, mas aqui será especificado a possível recompensa em forma de item. Pode ser preenchida com uma sugestão para a Staff, quando estiver fazendo um pedido. Lembrando que deve ser coerente com a dificuldade da missão;
[b]- Emissor da Missão:[/b] Aqui é preenchido o nome do mandante da missão. Pode ser um Lord, por exemplo. Toda missão em que o mandante não participe fisicamente, deverá envolver uma recompensa em ouro para os participantes, exceto caso algum deles seja vassalo ou juramentado ao solicitante;
[b]- Executor da Missão:[/b] Aquele, ou aqueles, que cumprirão o chamado para a missão. Pode ser preenchido pelo mesmo nome do tópico acima, mais seus parceiros, caso seja uma missão independente e com participação do mandante;

Narrador.

Toda missão que chegar ao seu fim será avaliada por um administrador ou por um moderador escolhido para tal cargo. O Avaliador terá como objetivo verificar a justiça das recompensas e punições distribuídas pelo Narrador da Missão. Também será de sua competência atualizar qualquer recompensa atribuída, além de calcular quanto de experiência é de fato merecido, além de possíveis estrelas de atributos.

Todo membro da Staff ou moderador pode, por conseguinte, ser o narrador ou avaliador de uma missão, mas nunca os dois para a mesma missão. Da mesma forma, players envolvidos na missão não poderão ser o Avaliador desta. Contudo, na ausência de um membro que possa Avaliar o decorrer da missão, um membro da Staff poderá calcular as experiências e itens daquilo que narrou, com autonomia para tal. Isso só será possível se nenhum colega avaliar os resultados da mesma em até 72 horas.

Uma vez que uma Missão da Staff seja anunciada, o primeiro grupo completo consistido por players e narrador a aceitá-la irá realizá-la. Outros grupos interessados terão que esperar por uma nova oportunidade, ou pelos desdobramentos daquela missão. Por exemplo, caso esta falhe, não poderá ser realizada exatamente da mesma maneira. Tudo que os personagens que tentaram concluí-la fizeram, se tornará cânone narrativo. Portanto, uma missão falhada com personagens mortos pode desdobrar-se em mais de uma missão da Staff. Contudo, a prioridade para realizar as novas Missões da Staff será dos jogadores que chegarem primeiro, portanto deve-se ficar sempre atento aos anúncios do tópico. É importante lembrar que sempre que uma Missão for anunciada, o número de personagens máximo será solicitado na ficha da missão. Caso nenhum Narrador esteja disponível, o membro da Staff que criou a missão poderá ser o seu Narrador.


Missões em Corrente.


  Uma missão pode, por desejo de um Narrador, se desdobrar em outras com as consequências de atos realizados por um personagem. Neste caso, o player em questão terá a escolha de seguir adiante ou não, lembrando que cada decisão trará consequências. Um desdobramento de missão deverá ser avaliado por pelo menos dois membros da Staff, que deverão postar logo abaixo do anúncio do desdobramento, dando autorização para tal. Um desdobramento deverá ser preenchido com uma nova ficha de missão, preenchida com o mesmo formulário que a ficha de pedido. Exemplo:


1 - O personagem Daeron Blackfyre sugestionou uma missão para a Staff com sucesso. Averiguar a existência de ovos de dragões em posse de um mercador em Essos, em caso positivo roubar o(s) ovo(s), matar o mercador e trazer o(s) ovo(s) para a ilha da Garra.

Essa missão envolve três etapas, a de averiguar, adquirir o tesouro e por fim matar o dono, escapando em seguida. Dessa forma pode ser separada em três missões distintas realizadas em corrente, uma após a outra. Desse modo, cada parte será avaliada separadamente, e entre uma e outra, a Staff analisará o progresso. Vale ressaltar que se os players contratados em uma missão de caça ao tesouro decidirem roubá-lo para si, abrindo mão da recompensa financeira, ou lealdade que tenham para com o Blackfyre, ou qualquer outro contratante,, a missão será completa com sucesso. Da mesma forma, o personagem Daeron ou o emissor em questão, receberá um desdobramento no qual poderá colocar um alvo em seus traidores, oferecendo o dinheiro da recompensa que seria deles, a qualquer um que esteja disposto a encontrá-los e matá-los. Fazer parte dos integrantes desta missão de vingança ou emitir uma nova missão buscando pelas cabeças de tais players (personagens), são opções do jogador.

2 – Será emitida tal missão pela Staff - Capturar um fugitivo traidor e levá-lo de volta para o castelo da Ilha da Garra (exemplo) para que possa ser interrogado, julgado e condenado.

Resultado da Missão: Sucesso.

- Durante o interrogatório foi averiguado que o fugitivo foi contratado pelo Lord Tauron para trair seu antigo suserano, entregando a ele os ovos de dragão. Nova missão: assassinar Lord Tauron.

Assim como resultado da primeira missão, uma terceira foi emitida a partir da segunda. O grupo que capturou o traidor terá nesse caso preferência de até uma semana para aceitar a missão. Após tal prazo, ela ficará aberta para aqueles que tiverem postado primeiro no tópico de missões.

Alvos.

Personagens ativos que forem alvos de missões receberão uma mensagem do administrador com antecedência avisando que ele será alvo de uma tentativa de assassinato. Na mensagem não se citará nomes ou justificativas, seguindo o seguinte modelo.


“Olá Naerys, você está na mira de uma missão de assassinato\roubo\espionagem.”

E dessa forma a resposta também deverá ser sucinta. “Estou ciente.”


Tal modelo visa evitar informações desnecessárias serem transmitidas, mas garantindo que o alvo estará de sobreaviso, ao menos em off. Caso o alvo esteja de acordo, assim que a aventura chegar ao seu alcance, o narrador deverá incluí-lo na aventura, narrando de forma imparcial o desempenho de todos para alcançar o resultado final. Uma tentativa de assassinato não garante sucesso. Tudo dependerá do desempenho do jogador e da dificuldade da missão. Além de sorte nos dados. Compromisso com postagem é incluído no quesito desempenho, e claro o METAGAME É PROIBIDO.

Em casos de vingança, como por exemplo um personagem emitiu uma missão e foi trapaceado, e agora emitiu uma de assassinato, os alvos não precisarão ficar impassíveis esperando seu fim. Podem optar por tentarem eliminar o antigo empregador antes, para evitar tal problema, mas se virarem alvos, deverão arcar com as consequências. Afinal de contas, aqui se faz, aqui se paga. Ou não. Um alvo com ótimos níveis em Espionagem ou Intriga, pode realizar um teste para descobrir os planos de seus inimigos. Isso lhe dará a vantagem de criar uma Armadilha para os seus assassinos. Caso falhe, contudo, terão de ignorar o que se aproxima, deixando nas mãos do Narrador utilizar-se imparcialmente das defesas de seu castelo para dificultar a missão dos assassinos. Os assassinos deverão ignorar o sucesso ou não dos testes de espionagem do alvo, já que não têm como saber o que os espera, respeitando as regras de Metagame. A armadilha do personagem alvo não será revelada para os players em missão de assassinato, apenas serão avisados quando nela caírem. Se caírem.

Situações como essa onde o jogador se negue a fazer parte da luta, ou não poste na missão destinada a assassiná-lo, bom, se divirta com seus outros personagens pois esse em específico vai morrer. Recusar-se a jogar pode ser encarado como sabotagem à trama do fórum, e providências serão tomadas. Mas não se preocupe, qualquer injustiça ou “complôs” originados com motivos em off contra um determinado player, serão terminantemente proibidos e averiguados. Além disso, uma missão de Assassinato é considerada imediatamente Jovens do Outono, em termos de dificuldade. Isso no mínimo, para nobres e bastardos. Assassinatos de Lords de Casas Maiores é considerado nível Filhos do Inverno, enquanto o de Guardiões e Reis, Campeões do Alvorecer. Quanto maiores as forças protetoras de um alvo e o nível de seu castelo sede, ou exércitos, mais arriscada e mortal será a missão de matá-lo.

Que fique bem claro, missões podem causar mortes tanto dos players que tomam a iniciativa quanto dos alvos. Mas no caso dos primeiros, as chances são bem maiores, considerando os riscos. Para reforçar, apenas ASSASSINOS PROFISSIONAIS, poderão realizar assassinatos por contrato em missões apenas porque alguém decidiu que “Fulano” tem que morrer. Qualquer outra forma de assassinato, deverá ser fruto de traições ou desdobramentos de missões. Um alvo de assassinato, mesmo que escape, não saberá quem foi o mandante do ato, a menos que um de seus agressores sobreviva e seja interrogado. Nestes casos um duelo de Intriga será lançado entre os dois, semelhante ao de Envenenamento, e ficará determinado se o assassino dará ou não, com a língua nos dentes. Apenas nestes casos, o alvo poderá começar uma trama de vingança contra aquele que tentou matá-lo.

O objetivo é aumentar a diversão e interação entre os players de forma justa, fazendo reinar o ambiente caótico e traiçoeiro de Game of Thrones, sem deixar o jogo chato para ninguém que esteja começando ou em menores níveis. Então divirtam-se e boa sorte! Mas tenham cuidado. Nunca se sabe quem pode estar à espreita!

Sistema criado por O Estranho e a Deus de Muitas Faces para o RPG O Jogo dos Tronos.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum